sábado, 8 de maio de 2010

Senti-te longe e perto ao mesmo tempo. Senti-te ausente e presente,amarga e doce. Bonita,mas disforme. Ou vice-versa,não interessa. Eu e tu somos o vice e o versa,sabias? Junta-monos para formar algo com sentido. Mas,no final de contas,estamos um contra o outro. Somos um conjunto de letras,somos duas palavras,sem acentos nem outras complicações. Somos preto no branco. Somos vice-versa. Já nem as cores me parecem verdadeiras. São artificiais,supérfluas. E o que me leva a pensar nisto é o teu amor. O amor que me faz chorar. O amor que não dás. O amor que é apenas teu,e não nosso. O amor que não tem sabor,nem cheiro,é incolor. E apenas se sente.




-São amores passados,amores dissipados,amores acalorados,amores que nos deixam corados,amores amados,rumores transpirados,momentos com sabores diversificados,mas no fim são amores que nos deixam aos bocados..


12 sentidos:

patriciaa disse...

Lindoo :o

Nés, disse...

parecendo que não, também sei reconhecer boas atitudes, por isso obrigada.

Nés, disse...

foi uma atitude louvável.

jefhcardoso disse...

Triste o desentendimento, mas o seu texto proporciona uma delicada e agradável leitura. Parabéns!

Abraço do Jefhcardoso do http://jefhcardoso.blogspot.com

m.sunshine disse...

que nos deixam aos bocados, é verdade. mas bocados que nos ensinam a crescer :')

MafaldaMacedo disse...

adorei adorei!

anacoelho. disse...

tens um blog lindo!

Vânia Gomes disse...

Lindo :')

Izzie Williams disse...

é, é amor que rói o nosso tão apaixonado coração (...)

Rodolpho Padovani disse...

Posso me atrever a dizer q um completa o outro, de alguma jeito =)

Sara Santos disse...

adorei, está muito sentido!

sorriso. disse...

Sempre disse que nunca conseguiria expor os meus sentimentos por palavras. Mas nos teus textos encontrei tudo aquilo que sinto.

Obrigado.

maria.

Enviar um comentário

Utiliza palavras suaves..