domingo, 6 de junho de 2010


Sinto a minha alma a transparecer em todas as palavras que são escritas a pressa só com medo que o meu coração se canse de falar de ti ou talvez de nós. Começou por ser algo insignificante. Um mero acaso. Os dias passavam, mas as noites ficavam. O que era pouco transformou-se em algo grandioso! Cada vez mais e mais grandioso. Agora são os dias que ficam e se arrastam pela noite dentro. Na minha alma sinto a doçura do teu ser,eternamente enamorada renovo a cada dia os meus votos na expectativa de te ter para amar de me teresamando sempre. Não vivo sem ti. Ponto.



-(a imagem não têm nada a ver com o texto mas não resisti é linda!)


7 sentidos:

patriciaa disse...

tão bonito :)
a imagem é muito bonita mesmo *.*

Joana disse...

de facto nem sempre acontece, mas no temos que ter esperança. e eu (infelizmente) tenho muita.
adoro o texto, adoro mesmo! (:

beiijinho *

Michelle disse...

love love love

carlota silva disse...

ter noção disto tudo deve ser fantástico. gostei imenso*

Thais Alves disse...

"Sinto a minha alma a transparecer em todos as palavras que são escritas a pressa só com medo que o meu coração se canse de falar de ti ou talvez de nós." liiiindoo *-*'

Cat disse...

o amor o amor :)

Melody Gane disse...

Quando oferecemos o nosso coração é como se de uma nova vida fizessemos parte. É algo que nos preenche, que nos faz viver cada dia como se fosse o primeiro de toda essa felicidade.
Adorei o texto (:

Enviar um comentário

Utiliza palavras suaves..